Data: junio 22, 2015 | 14:58

Sejudh dará curso sobre direitos humanos para segurança pública boliviana

Várias ações de combate ao narcotráfico e tráfico de pessoas foram traçadas.  | Foto: Concita Cardoso

Várias ações de combate ao narcotráfico e tráfico de pessoas foram traçadas. | Foto: Concita Cardoso

© Concita Cardoso | Agência Notícias do Acre

As políticas públicas adotadas pelo Acre na área de direitos humanos têm sido exemplo para países como a Bolívia. Esta semana, uma delegação de líderes bolivianos esteve no Acre e visitou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Nilson Mourão, com o objetivo de estreitar laços de amizade e cooperação com o Brasil.

Com uma proposta de realizar ações conjuntas na área de direitos humanos, o que chamou atenção foi o convite à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) para realizar um curso de qualificação da polícia boliviana sobre direitos humanos. “O convite nos surpreendeu e nos deixou felizes, por percebermos que as ações adotadas pelo Acre têm servido de exemplo para outros países”, destacou Mourão.

O secretário de Segurança de Pando, Pedro Vella, afirmou que a visita tem o objetivo de traçar ações em defesa da sociedade dos dois países. “Narcotráfico, tráfico de pessoas e fundamentalmente segurança pública merecem atenção especial dos dois países. Estratégias foram traçadas visando desenvolver ações em conjunto de combate a esses crimes”, frisou.

Acompanhando o secretário estavam o coronel Jonny Marcelo Ortuño Andi, comandante departamental de polícia, e o major Ivan Potto, assessor de segurança pública de Pando.

coronavirus



sopa de mani



desastre total



Reporteros Sin Fronteras



CPJ



Knigth Center