Data: octubre 1, 2013 | 19:31
ESTADO DO ACRE | Entre o dia 5 de novembro e início de dezembro, será liberado um edital que vai dar acesso a esses médicos para poder concorrer a uma vaga do programa Mais Médicos...

Médicos brasileiros formados no exterior deverão ser contratados até o fim do ano

Entre o dia 5 de novembro e início de dezembro, será liberado um edital que vai dar acesso a esses médicos para poder concorrer a uma vaga do programa Mais Médicos...

Secretária de Estado de Saúde, Suely Melo, traz boas notícias de Brasília sobre a contratação de médicos brasileiros formados no exterior, para trabalhar no Acre. | Foto Cristiane Marques

© Marcelo Torres | Agência Notícias do Acre

A secretária de Estado de Saúde, Suely Melo, cedeu entrevista coletiva, na manhã dessa terça-feira, 1º, para falar sobre a reunião ocorrida ontem, em Brasília, com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o governador Tião Viana e as bancadas federal e estadual de parlamentares do Acre.

No encontro, o ministro garantiu que os profissionais médicos formados no exterior poderão ser contratados por meio do programa Mais Médicos, para trabalharem no Acre.

Durante três dias, foram abertas inscrições presenciais com o preenchimento de 358 cadastros, para identificar médicos graduados no exterior. No dia 16 de setembro, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) criou um cadastro online que aponta, até hoje, mais de mil inscritos. Esses cadastros foram apresentados ao ministro da Saúde.

“O ministro da Saúde vai preparar um documento para que junte à Medida Provisória do programa Mais Médicos, através de um edital, liberando a participação de médicos brasileiros formados em outros países, que possuem a proporção menor de 1,8 médicos por habitante. Isso somente será possível se a universidade em que esse profissional se formou, faça parte do Mercosul e tenha uma validação no país de formação”, explicou Suely Melo.

Suely informou que, entre o dia 5 de novembro e início de dezembro, será liberado um edital que vai dar acesso a esses médicos para poder concorrer a uma vaga do programa Mais Médicos.

“Antes, no ato do cadastro, no item país de formação, quando era colocada a opção Bolívia, o sistema travava e o candidato não conseguia progredir com a inscrição. Agora, esse bloqueio deixará de existir, e o novo edital irá contemplar os médicos brasileiros com formação no exterior, mas que já residente no Brasil”, detalhou Suely.

A secretária Suely Melo ressaltou, ainda, que a Medida Provisória estabelece que os médicos devam estar habilitados e exercendo a medicina no país de formação. “Fomos até o consulado da Bolívia, a pedido do governador Tião Viana, para conversar com o embaixador boliviano que assinalou positivamente para a formação de um convênio com o Brasil, no intuito de agilizar o exame de grado para os médicos brasileiros que não possuem essa habilitação, no período de 30 a 60 dias”, disse.

Todos que forem selecionados pelo Mais Médicos irão passar por uma capacitação e uma avaliação, antes de chegar à  assistência médica. A partir daí, eles ficarão três semanas em uma unidade de saúde, sendo acompanhados e monitorados por outro profissional de saúde do estado. Somente assim, eles terão as inscrições homologadas para, de fato, terem a profissão de médico regulamentada no Brasil.

A secretária finalizou dizendo que depois desse período de treinamento, os médicos deverão começar a atuar, aproximadamente, na segunda quinzena de dezembro deste ano.Link Bijoux

Mais Medicos do AcreOs médicos estrangeiros, incluindo os brasileiros formados no exterior têm até esta segunda-feira (12) para dizer se aceitam ou não o município acriano para a qual foram selecionados  para trabalhar pelo Ministério da Saúde por meio do Programa Mais Médicos do governo federal.
09 municípios e 02 regiões indígenas  poderão ser beneficiadas com a contratação desses profissionais: Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Capixaba, Brasileia, Xapuri, Tarauacá, Feijó, Mâncio Lima,  Rodrigues Alves e mais as regiões indígenas  do Alto Juruá e Purus foram pré-selecionados.
Esses profissionais podem começar o atendimento a população a partir de setembro próximo. Já foram concluídas na semana passada a seleção de 09 médicos formados no Brasil que atuarão no Estado.

Médico e local de atuação no Acre:

1 – AUXILIADORA VASCONCELOS CORREA DA SILVA  – DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA ALTO RIO PURUS
2 – EDWIN MAX PONCE ALONZO –  DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA ALTO RIO PURUS
3 – JHONNY ZAPATA COSSIO –  DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA ALTO JURUA
4 – AMPARO ELISA JUSTINIANO MELGAR –  CAPIXABA
5 – ARNULFO ALVAREZ VASQUEZ – XAPURI
6 – ERICK RICARDO ROCA GUALAZUA –  XAPURI
7 – MARCELA QUIROGA MIRANDA –  XAPURI
8- ANA MILAGROS LA ROSA SORIA GALVARRO –  TARAUACA
9 – ENRIQUE YAMAMOTO YAMAMOTO –  TARAUACA
10 – LUIS CARLOS SUAREZ MONTANO –  TARAUACA
11 – ROBERTO VIDAL ATENCIO TIZA  MANCIO LIMA
12 – LUCAS TADEU SOARES NUNES  –  FEIJO
13 – RAUL GERARDO RIOS CENTENO – CRUZEIRO DO SUL
14 – ELVA PAOLA KATHERINE MORALES ZAPATA –  CRUZEIRO DO SUL
15 – VICTOR ALFREDO VERA PAZ AC CRUZEIRO DO SUL
16 – DANILO BASTOS DE BARROS     –  RODRIGUES ALVES
17 – JOSE ARTURO LLOBET MALALA  –    BRASILEIA
18 – JOSE ANTONIO AGUILAR JIMENEZ  –  BRASILEIA
19 – PAULO JESUS CESAR   –  RIO BRANCO
20 – WILSON DIAS LLIVI IBANEZ JUNIOR –  RIO BRANCO
21 – MICHELLE DE OLIVEIRA MELO BITTAR  –  RIO BRANCO
22 – STANLEY BITTAR DE ALMEIDA –  RIO BRANCO
23 – THIAGO DAS NEVES CARVALHO –  RIO BRANCO
24 – ALFREDO SANCHEZ BECERRA –  RIO BRANCO
25 – ANNIE TAMARA REYES MARTINEZ –  RIO BRANCO
26 – BORIS EGON ARANCIBIA LAMAS –  RIO BRANCO
27 – CARLOS JAVIER AMOROS CUMPA – RIO BRANCO
28 – CARLOS JAVIER RINOJO SANCHEZ –  RIO BRANCO
29 – CESARINA SOLEDAD LOPEZ FERNANDEZ –  RIO BRANCO
30 -DIEGO FRANCISCO SANCHEZ DE MORA –  RIO BRANCO
31 – FRANCISCO MIGUEL CARDENAS GUTIERREZ – RIO BRANCO
32 – GERARDO JALDIN FERNANDEZ – RIO BRANCO
33  – HORUS ANTONIO FAGALDE LAFUENTE –  RIO BRANCO
34 – SANDRA FABIOLA ROSSEL TAPIA AC RIO BRANCO
35 – LUIS ALBERTO ALVAREZ MARISCAL  –  RIO BRANCO
36 – MELVA MELISSA FIGUEROA URTEAGA DE CARDENAS  –  RIO BRANCO
37 – NESTOR DIEGO VACA PONZ – RIO BRANCO
38 – SINDY LOURDES GOMEZ RUBIO – RIO BRANCO
Edmilson Alves, de Rio Branco (AC)
fonte www.ac24horas.com
LINKS RELACIONADOS
MAIS EM OLHA BRASILEIRA
coronavirus



sopa de mani



desastre total



Reporteros Sin Fronteras



CPJ



Knigth Center